A mulher


Oi pessoal tudo bem com vocês? quanto tempo não pareço por aqui não é mesmo. Bom primeiramente quero parabenizar a todas as mães do país, um feliz dia das mães. Sem mais agradecimentos vamos ao texto de hoje.

Pra você o seria uma mulher virtuosa ?

No livro de provérbios 31:10-31  vai nos relatar os hábitos da mulher virtuosa que no caso era esposa. ela tinha uma agitada cuidava do cuidava do marido, dos filhos, da casa, dos negócios e ainda sim conseguia ser elegante no vestir. ela realmente é um exemplo a seguir seguidos por todas nós pois ela tinha princípios virtuosos como: diligente, habilidosa, compassiva, sensível, alegre e carinhosa, que exercitava um julgamento saudável e um bom senso nos negócios respeitava seu marido, e honrava a Deus. Que mulher né? 

Mais o que eu quero dizer que a nossa mãe exercer todos esses princípios, pensa em como ter ser difícil fazer várias coisas em vinte e quatro horas. E Deus deu esse papel muito importante a elas. Mas o autor deixou o melhor para o final onde enfatiza que a beleza , formosura se acabam mas a mulher teme ao Senhor essa sim será louvada. Que privilégio as mães deram.

Mulher, Mãe 

é aquela se preocupa inteiramente com o próximo 
que tem uma força sem limites 
que consegue ser diversas versões


aquela que ama sem medir um filho 
guerreira, batalhadora , habilidosa
és exemplo de mulher.


possui um cheiroso sem igual,
um abraço amável ,
coração enorme.

amada, preciosa, cuidada por Deus
seu papel na terra é importantíssimo 
mulher de caráter e temente ao Senhor.


Seus frutos são lindos 
assim como és,
a obra mais linda do criador.



Essa foi uma homenagem do blog Kezia Sousa a todas mães. 





Pin It

{Livro}: Tudo o que mais importa - Naiara Aimee



 '' De um interesse egoísta surge o mais sincero sentimento de amor''.

Logo após a morte da mãe, Edward Radford é levado, pelas circunstâncias impostas, a acolher em sua propriedade as pobres e órfãs irmãs McCarthy. A contragosto ele acaba cedendo, mas não se mostra nem um pouco á vontade com isso. Ao perceber que as irmãs são um incômodo para ele, Jane MacCarthy, a mais velha, decide levá-las de volta a Chesterfield. Com essa ameaça iminente e a chance de perder parte de sua herança, Edward é obrigado a traçar novos planos e percebe que para ter as irmãs consigo será necessário conquistar a confiança de Jane, o que irá se mostrar uma tarefa bastante árdua, dado ás fontes convicções dela, sua crença inabalável e seu gênio forte. 
Esse é um romance vitoriano que envolve não só uma linda história de amor, mas também traz o relato das dificuldades enfrentadas pelas mulheres sem proteção, da pobreza, e da praga que infectou as plantações de batatas no período de 1845 a 1849, deixando um rastro de dor e miséria.
                                                                    Minha Opinião 


Desde o  princípio com a leitura inicial da sinopse já me apaixonei pelo livro, decorre da leitura foi notando que era um romance totalmente diferente dos romances clichês que vemos que em muitos livros do gênero secular.  A história se contato em torno da perda da mãe de Edward e a herança deixada por ela, esse fato faz com que o romance tenha certo mistério. O que mais me impressionou foi a reação do Edward ao saber a condição e obrigação de trazer as órfãs irmãs para a sua casa, confesso que fiquei um indignada com o Edward. A jane a irmã mais velha foi a que mais me identifiquei devido sua personalidade e sua fé em Deus. Ao decorre da leitura e o desenrolar dos personagens fui impressionada pela forma bem que foi. O romance entre Edward e Jane é simplesmente linda e fascinante é de ser apaixonar apesar dele ser marcado por situações dificíes, memórias da infância ,  tanto na aproximação deles até o romance. Mais o amor, a persistência e fé venceu , isso pra mim foi o que realmente me ganhou, por que apesar de ser de tratar de um romance cristão, ele não foi contato como algo religioso e sim uma verdade descrição de amor. 


Pin It

A escolha


               
                                                  Texto base Rute capítulo 1.

Quando Rute fica viúva ela tem a opção de ir embora e construir uma nova família, mas ela decide ficar com Noemi, mesmo sabendo das dificuldades que passaria, em nenhum momento ela de revolta contra Deus pela perda do seu marido, pelo contrário, no capítulo 1 versículo 16 ela diz a Noemi: O teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus. Ela simplesmente escolhe acreditar e crer em uma nova vida, e Rute foi honrada por Deus, Rute se abrigou nas asas de Deus, as vezes nas nossas vidas acontecem coisas parecidas, não exatamente uma morte, mas outros tipos de perdas, e ao invés de seguimos o exemplo de Rute, nós viramos as costas para Deus, o culpamos por tudo que acontece de errado quando na verdade tudo que Ele quer é que confiemos em seu amor, em seus sonhos e propósitos para nossas vidas, focar em obedecer Ele, pois obediência gera bênçãos. Deus escreve lindas histórias, mas no tempo dEle, temos que se colocar na posição de servos até que os sonhos dEle se cumpra em nós. Rute mesmo em meio ao luto e a dor de perder uma pessoa que ela amava, ela confia e acredita que Deus tem o melhor para ela e Noemi.
Quando elas voltaram para Belém ouviram muitas coisas que poderia ter feito elas perderem a fé, mas uma coisa era certeza o Deus delas era maior que qualquer palavra de maldição ou desencorajamento, por acreditar em Deus, Rute fez história, está marcada por todas as gerações, todas as pessoas do mundo tem a possibilidade de conhecer a historia de Rute, a Orfã foi embora, talvez viveu sua vida feliz e com uma nova família, mas ela não fez história assim como Rute com a sua fé e amor em Deus.
Temos o poder de escolha, ser Rute ou Orfã, está em nossas mãos, mas lembrando sempre que: Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus. Mesmo que esteja doendo, mesmo que as pessoas digam que não, Deus sempre honra um filho que o ama e acredita nEle mais que tudo nesse mundo. 
E hoje podemos escolher: Ser mais um no meio da multidão ou fazer história com Deus, está em suas mãos.

Jasiane Alves.


Pin It

O tesouro no céu



                                              Texto base: Mateus 6.19-20-21.

Nos dias atuais estamos vivendo em uma geração que tem como ídolo, como um deus o dinheiro e bens materiais, se preocupam tanto em ter dinheiro, e aquela correria para lá e para cá, tudo pelo o que? Dinheiro, Jesus em um dos seus sermões nos ensina que a riqueza que temos aqui é passageira, mas ai você pode me falar ah hoje em dia ninguém vive sem dinheiro, sim concordo que o dinheiro move o mundo, mas não move quem o criou. Não podemos por todas as nossas forças e o coração no deus dinheiro, o que adianta sermos cheios de riquezas e pobres espiritualmente? não ter a alegria de Jesus em nossos corações, as riquezas terrenas é fácil de alguém tirar, mas os tesouros que juntamos no céu esse ninguém tira.
Se o meu tesouro estiver em coisas terrenas, meu coração também estará, e a própria palavra diz para mantermos nosso corações voltado para o céu, pois é de lá que vem o nosso socorro e sustento. E como juntar tesouros no céu? Uma vida intensa de busca a Jesus e as coisas do reino, uma vida de oração, leitura bíblica e entrega a Jesus fará com que tenhamos sede a cada dia mais, fará que nosso desejo seja que outras pessoas conheça Jesus e seu infinito amor, é hora de parar de dar prioridade as coisas materiais e terrenas, estamos aqui somente de passagem, não somos daqui. Que o céu venha sobre nossa vida a cada dia, para que Jesus seja o centro em tudo que fazemos, que Jesus seja o nosso tesouro pois assim nosso coração estará nEle para sempre.

Jasiane Alves.



Pin It