Kezia Sousa - Moda Consciente, Comportamento e Estilo de Vida

Comportamento, Vida Cristã, Estilo de Vida, Moda, Beleza, Música, Livros, Textos, Estudos Bíblicos, Desafios, Desenvolvimento Pessoal.

{Livro}: Reino de Aequalis - Tânia Gonzales



Título: Reino de Aequalis 
Autora: Tânia Gonzales 
Gênero: Fantasia \ Romance \ Cristão
Editora: Upbooks 
Páginas: 300
Avaliação: 5\5 
Sipnose: Será que você consegue imaginar um lugar cheio de árvores, flores,lagos, bosques ... Florestas incríveis, que encantam os olhos dos mortais e palácios magníficos localizados nos quatro cantos do reino,  para que a amada família real possa participar da vida de seu povo e zelar pelo bem estar de todos?
Será que você consegue imaginar um lugar onde as pessoas são felizes porque vivem em um reino de justiça, paz e perfeita harmonia? morar, alimento em abundancia e amam seu trabalho? Greves? Não! Manifestações contra o rei? De jeito nenhum! 
Um lugar assim parece uma utopia, não é? Mas este lugar existe ... Este lugar é o ''Reino de Aequalis''! Você não encontrará Aequalis em mapas e não saberá quando tudo aconteceu ... Ah, você gosta de datas não é? Perdoe-me, mas não as terá, mas a partir de agora você conhecerá os habitantes deste reino, especialmente a família real e os ''diferentes''... 
E então poderá dizer se o ''Reino de Aequalis'' é realmente um reino de justiça, paz e harmonia.

Nina é uma adolescente apaixonada por livros que amava ouvir as histórias contadas pelo pai,especialmente uma história que ele começou a contar quando ele tinha oito anos, que só continuaria e terminaria quando ela completasse seus quinze anos, até que o dia tão esperado chegou, e a ansiedade só aumentava para a história.

A história num lugar cheio de harmonia, de justiça, aonde todos tinham uma casa para morar, alimentos e amavam seus trabalhos. E a família real participava ativamente da vida do povo.

A palavra Aequalis latim (significa igual) mas nada não é assim tão perfeito como todos os outros reinos lá haviam leis que precisam ser seguidas. Principalmente a lei dos diferentes que vigorava por muitos anos. O que era a lei dos diferentes eram pessoas que tinham algum tipo de deficiência como: enxergar,ouvir, não ter uma pernas, entre outros, eles não podiam se espalhar pelo reino como se isso fosse uma doença, eles precisavam viver separados das pessoas ditas como normais, mas estará preste a mudar.

Que história bem escrita, que trás uma lição de vida, te garanto que você irá se emocionar diversas vezes durante a leitura de livro e se envolve no romance lindo que contem nele. Esse livro me trouxe uma reflexão muito grande, sobre o preconceito, o amor, família entre outros.
Quero parabenizar a editora pela publicação, o livro é incrível, cheio de detalhes. E Tânia meus parabéns pela escrita simples e linda que proporcionou aos leitoras uma história envolvente de tirar o folego.
Para adquirir o livro físico: clique aqui
Para adquirir o ebook: clique aqui




{Livro} : 100 dias na terra - Rúbia Albuquerque



Título: 100 Dias na Terra
Autora: Rúbia Albuquerque
Gênero: Ficção Cientifica \ Cristão
Editora: Upbooks
Páginas: 213
Avaliação: 5\5
Sinopse: Calebe é um morador de Lundi que tem como missão passar 100 dias no Planeta Terra enquanto recolhe informações para um relatório sobre como os habitantes do Planeta Terra estão sendo afetados pela Grande Guerra - um conflito entre o bem e o mal que já dura milênios. Ao conseguir um trabalho como fotógrafo em um documentário, ele passa a maior parte do tempo viajando ao redor do mundo para contar histórias relacionadas a grandes tragédias. A equipe começa filmando no Brasil, conversando com parentes das vítimas de um grande acidente aéreo, depois Grécia, onde conhecerá histórias de refugiados e pessoas que procuram ajudá-los, Índia – país onde a cada 21 minutos uma mulher é estuprada, Indonésia, Malásia e Tailândia, países mais atingidos por um tsunami, Ruanda, com suas trágicas histórias do genocídio, França e suas marcas devido aos atentados terroristas e finalmente os Estados Unidos e as lembranças do 11 de setembro. Calebe chega aqui com uma visão própria de um observador distante, mas isso logo muda enquanto ele vivencia novos sentimentos e situações ao conviver com pessoas daqui - especialmente uma colega de trabalho, Maria Eduarda, ou Madú. 

Nesta história ficção e realidade se misturam, nos prendendo a ela de forma surreal, trazendo culturas diferentes, tragedias que junto consigo reflexões, pensamentos novos de mudança. 
Os livros de ficção e romance cristã tem sido os meus favoritos da atualidade. Porque me viajar nos princípios. 

Calebe chegou na história com uma visão de observador para poder realizar o seu relátorio e saiu com outra que mudou seus sentimentos, seu modo de pensar em relação aos humanos e ainda por cima pode conhecer o amor, um rapaz de coração puro, convicto em sua fé que tem prazer em ajudar. 

A Rúbia conseguir unir essa mistura de sentimentos com muita excelência, ela nos abre os olhos que independente de qualquer situação há sempre um novo recomeço, ainda há esperanças. 

Madú que juntamente com Calebe pra mim foram os melhores personagens, uma menina cheia de sonhos, aventureira mas que carrega uma ferida grande em seu coração que a fez ficar longe de Deus, que nunca imaginou que uma amizade poderia mudar a sua vida e faze-lá se aproximar de Cristo.

O livro em si possui um enredo maravilhoso, confesso que em muitas das partes da história me emocionei, por contar situações tão humanas que aos nossos olhos são dificieis de perdoar e superar mas que apesar de tudo o superação é possível e foi conquistado, mas deixo claro que o mesmo tem princípios cristão, de forma leve e simples não religiosa, então indico a todos que gostam de uma ficção cientifica. 



Organização


A vida da gente é cheia de tarefas e elas começam desde o momento que acordamos até o momento que colocamos a cabeça no travesseiro para dormir.
No meio de tantas tarefas ainda precisamos manter nossa vida organizada e principalmente a nossa casa. Nossa casa é o nosso lar e é essencial que ela seja mantida em ordem até mesmo pela nossa saúde (ajuda a evitar stress e ansiedade).
Algumas pessoas não sabem como organizar a casa e como consequência vivem mais atarefas ainda por ter que realizar fazer as mesmas tarefas em casa todos os dias,
Mas porque não deixar a nossa casa em ordem todos os dias e evitar de fazer aquelas mesmas tarefas de sempre? Você não sabe como?
Em um momento da minha vida eu também não sabia como me organizar e até hoje venho aprendendo.
Um método que me ajudou muito foi da Organizadora Profissional Marie Kondo. Marie é Japonesa e desde criança ela tem muita facilidade de organização. Ela criou o Método KonMari onde ensina como deixar a casa em harmonia e na sua casa somente aquilo que te traz Alegria ( o que ajuda muito a evitar objetos empilhados e desnecessários na casa).
Marie escreveu dois Livros A Mágica da Arrumação e Isso Me Traz Alegria. Os dois livros trazem métodos excelentes e de forma prática vão te ajudar no dia-a-dia.
Marie também tem episódios no Netflix: Ordem na Casa com Marie Kondo. Nos vídeos você aprende a deixar sua casa organizada e harmoniosa.
Deseja fazer o download dos livros

A Mágica da Arrumação
Isso Me Traz Alegria

O Livro Isso Me Traz Alegria tem ilustrações que te ajudarão a deixar seus objetos mais organizados:




O Método KonMari é muito simples e prático. Te ajudará a manter sua casa e seus objetos com muito mais harmonia desde objetos grandes até a forma de dobrar suas roupas.
A série no Netflix mostra a vida real de pessoas que estavam precisando dar uma boa organização na casa e consequentemente, na vida também.

É Sobre Escolher a Alegria

Encantada com a organização desde a infância, Marie começou seu trabalho como consultora em uma universidade de 19 anos em Tóquio. Hoje, Marie é uma especialista renomada que ajuda pessoas em todo o mundo a transformar suas casas desordenadas em espaços de serenidade e inspiração.
Mantenha apenas aquelas coisas que falam ao coração e descarte itens que não despertem mais alegria. Agradeça-os por seu serviço - depois deixe-os ir.
Mantenha apenas aquelas coisas que falam ao coração e descarte itens que não despertem mais alegria. Agradeça-os por seu serviço - depois deixe-os ir.
Fonte: 
https://konmari.com

Espero que você tenha gostado.
A nossa vida reflete na organização e a organização na nossa vida. Viva com Alegria.

Abraços,
@tatianemaoli











Inverno e Meia Calça


Já tive períodos na minha vida em que só usava saia devido a igreja que eu frequentavaTinham momentos que ir para o culto no outono e inverno era muito difícil devido ao frio. Ainda hoje algumas meninas usam saia pra ir a igreja e uma ótima dica para deixar as pernas bem quentinhas é a Meia Calça_uma excelente combinação para usar com saia e vestido.
A cor preta é a mais usada, combina com diversas peças e cores (além dos sapatos), alonga a silhueta e pode ser usada com sapatilha, tênis, botas curtas e longas
Não tem como errar ao usar a Meia Calça, ela deixa seu look mais sofisticado, romântico e feminino.
Você precisa ter apenas alguns cuidados como:
- A cor branca é para o público infantil;
- Ao usar as coloridas use com um sapato da mesma cor da meia ou as cores bege e marrom.
Além de estar na Moda, a meia calça evita que suas pernas fiquem ressecadas.

Confira alguns modelos:








Um grande Abraço,
Tatiane Maoli



Ouse Experimentar

Você já quis usar determinada peça mas não usou por vergonha, por achar que ficaria feio ou até mesmo por medo da opinião das pessoas?
Algumas mulheres já compartilhou comigo que tem muita vontade de usar peças diferentes, mas logo dizem: não vai combinar comigo, não vai ficar bonito. E têm ainda muitas outras suposições e desculpas para não experimentar.
Básico, este é o que acostumamos a usar: calça jeans, camiseta, vestido, saia, etc. Mas você já experimentou uma calça flare, saia midi, macacão, pantacourt? Não? Então quando tiver a oportunidade de ir até uma loja, EXPERIMENTE.
Se permita usar!
Quando você ver alguma peça e ficar curiosa de como vai ficar em você, ouse experimentar, ninguém precisa saber. Dentro do provador vai estar só você, a peça e mais ninguém, mas se preferir leve uma amiga pra ajudar você.
Achamos bonito em outras mulheres, mas tenha certeza que em você também ficará.
Você já viveu uma situação de querer usar uma peça e não teve coragem de experimentar? Ou já chegou a vestir e você teve uma surpresa de como ficou bem na roupa?
Conte pra gente sua experiência.









Deus abençoe
Tatiane Maoli